Autarquia brigantina apoia 36 alunos do ensino superior com bolsas no valor de quase 25 mil euros

O Município de Bragança celebrou mais vinte contratos para atribuição de Bolsas de Estudo a alunos do Ensino Superior.

Trata-se da segunda fase de atribuição deste apoio que, para o ano letivo 2020/2021, atribuiu um total de 36 bolsas, de entre meia centena de candidaturas propostas, num valor global de 24750 euros.

Numa primeira fase, apoiámos 16 alunos com 16 bolsas e estamos, agora, a atribuir 20 bolsas a 20 alunos do ensino superior. Alguns deles frequentam o Instituto Politécnico de Bragança, outros frequentam outras instituições de ensino superior a nível nacional e estamos a falar de um valor na ordem dos 12 mil euros, sendo que, este ano letivo, nas duas fases, foram apoiados 39 alunos com um valor global a rondar os 24500 euros”, começa por declarar o presidente da Câmara Municipal de Bragança, no final da cerimónia protocolar na qual foram assinados os contratos para atribuição de bolsas e que decorreu na passada sexta-feira na Sala de Formação do Forte S. João de Deus.

De acordo com Hernâni Dias, este programa, implementado no ano de 2016, já apoiou “cerca de 190 alunos” com um montante “na ordem dos 120 mil euros”, sendo crucial no sentido de “garantir a igualdade de oportunidades no acesso ao ensino superior”, sobretudo, aos jovens que “não possuem condições para o fazer”. Contudo, haverá uma terceira fase porque, "infelizmente, há ainda alunos que não viram as suas candidaturas aprovadas ou reprovadas pela DGES (Direção-Geral do Ensino Superior) e sem que isso aconteça, porque o nosso apoio depende da sua avaliação, estamos reféns dessa situação, e só poderemos fazê-lo quando eles tiverem as candidaturas analisadas", explica 

CMB

O município procura, através deste apoio, promover o desenvolvimento das igualdades de oportunidades, minimizando as diferenças socioeconómicas e possibilitando a prossecução dos estudos ao nível superior pelos alunos mais carenciados. Algo que, face à situação de crise (e não apenas económica) que a pandemia causou, ganha ainda mais significado”, substancia o edil brigantino, sublinhando, simultaneamente, “a importância deste apoio junto de famílias que, no dia a dia, tanto lutam e fazem pelo futuro e pela educação dos seus filhos”. Um apoio cuja adesão, nas palavras de Hernâni Dias, tem vindo a crescer, significativamente, nos últimos cinco anos. Um facto que “pode ter duas interpretações, uma poderá ser pelo maior conhecimento que os alunos têm” do programa, enquanto a outra razão, “menos positiva”, prende-se com o “acréscimo de necessidades por parte dos agregados familiares”, sustenta o autarca, que prefere acreditar na primeira leitura, ao invés da segunda.

Falámos, também, com um dos alunos do ensino superior agraciados por este apoio, que destacou a sua importância, “ainda para mais nos tempos em que vivemos”, referindo-se à pandemia provocada pela Covid-19.

Tudo aquilo que sirva para ajudar quem está a estudar é uma boa iniciativa. É um valor que acho que ajuda, dá perfeitamente para cobrir o pagamento das propinas, que é aquilo que é difícil para muita gente, ainda para mais com as rendas de casa que temos de pagar, já é um valor muito considerável que ajuda claramente a abater essas despesas”, refere David Fernandes, da aldeia de Cova de Lua, freguesia de Espinhosela, concelho de Bragança, que estuda no primeiro ano de Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior, na cidade da Covilhã, e que irá receber, graças ao município, cerca de 700 euros.

cm

Resumo da atribuição de Bolsas de Estudo a Alunos do Ensino Superior por ano letivo:

 

• 2016/2017

Candidaturas: 30 | Bolsas atribuídas: 24 | Valor Global: 10.920,00€;

• 2017/2018

Candidaturas: 43 | Bolsas atribuídas: 34 | Valor Global: 22.140,00€

• 2018/2019

Candidaturas: 49 | Bolsas atribuídas: 41 | Valor Global: 24.390,00€

• 2019/2020

Candidaturas: 61 | Bolsas atribuídas: 55 | Valor Global: 35.820,00€

• 2020/2021

Candidaturas: 50 | Bolsas atribuídas: 36 | Valor Global: 24.750,00€

1.ª Fase: Bolsas atribuídas: 16 | Valor: 12.150,00€

2.ª Fase: Bolsas atribuídas: 20 | Valor: 12.600,00€

c

FOTOGRAFIAS: BMF

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.