GNR desmantela rede de tráfico de droga que operava no concelho de Carrazeda de Ansiães

Ontem, a 30 de setembro, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mirandela deteve sete homens por alegado tráfico de estupefacientes no concelho de Carrazeda de Ansiães.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes que decorria há cerca de um ano, os militares da Guarda apuraram a existência de um grupo organizado e hierarquizado que adquiria droga no distrito do Porto, procedia ao seu tratamento, embalamento e venda direta aos consumidores”, revela o Comando Territorial de Bragança, que acredita existirem “funções definidas” para cada elemento do grupo. Assim sendo, um deles seria responsável pela aquisição do produto, outro por guardá-lo, prepará-lo e dividir os lucros, enquanto outro “revendia o produto estupefaciente aos consumidores, obtendo assim vantagens patrimoniais para todos os elementos que compunham esta rede criminosa”, descreve a mesma fonte.

A droga, após chegar ao seu destino, ficaria guardada numa residência, sendo, posteriormente, distribuída para todo o concelho de Carrazeda de Ansiães.

No decorrer das diligências policiais, a GNR deu cumprimento a sete mandados de detenção e a nove mandados de busca domiciliária, tendo apreendido 1025 doses de heroína, 15 doses de cocaína, cinco doses de haxixe, cinco doses de canábis, 1697 euros em numerário, uma espingarda caçadeira, uma pistola de alarme, 58 cartuchos, dois veículos, dez telemóveis, três computadores portáteis, três balanças digitais, um cofre e produtos e equipamentos destinados a preparar e a acondicionar a droga.

Com idades compreendidas entre os 30 e os 49 anos, os detidos serão, durante o dia de hoje, 1 de outubro, presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Vila Flor.

De referir, ainda, que esta operação contou com apoio e o reforço de toda a estrutura de Investigação Criminal (IC) do Comando Territorial de Bragança, da Unidade de Intervenção (UI), Postos Territoriais de Carrazeda de Ansiães, Torre Dona Chama, Mirandela e Vila Flor, NIC de Chaves e Secção Cinotécnica de Bragança.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.