PUB.

Mulher de 43 anos constituída arguida por alegado tráfico de droga em Moncorvo

O Comando Territorial de Bragança da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação Criminal de Torre de Moncorvo, identificou uma mulher de 43 anos por alegado tráfico de droga, no dia 20 de novembro, em Torre de Moncorvo.

Na sequência da investigação criminal, que decorria há cerca de dois anos, foram realizadas duas buscas domiciliárias e três buscas em veículos, tendo sido apreendidos 1390 euros e “vários recortes de plástico utilizados para a preparação das doses individuais de estupefacientes”, descreve a GNR.

A suspeita, já com antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de estupefacientes e contrafação, foi constituída arguida, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Torre de Moncorvo.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.