“Operação nordeste” da PJ detém grupo minhoto por roubos violentos perpetrados em Mirandela e Bragança

No âmbito do combate à criminalidade violenta, a Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, está a desenvolver a “operação nordeste”, desde o início da manhã de ontem, quarta-feira, que visa a localização e detenção de um grupo de suspeitos que se dedica à prática de crimes de roubo.

Na sequência da investigação, tutelada pela Procuradoria do Juízo de Competência Genérica de Mirandela, a PJ identificou o grupo suspeito da prática dos crimes de roubo com arma de fogo e recetação, ocorridos nos concelhos de Mirandela e Bragança.

"Até ao momento foram concretizadas nove buscas domiciliárias e não domiciliárias e detidos cinco indivíduos, duas mulheres e três homens com idades compreendidas entre 20 e os 54 anos”, revela a PJ, cujas diligências incidiram nas localidades de Póvoa de Lanhoso, Braga e Guimarães.

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das respetivas medidas de coação.

pj

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.

The website encountered an unexpected error. Please try again later.