PUB.

Detidas quatro pessoas por alegado tráfico de droga e crimes de violência doméstica em Bragança

Na passada terça-feira, dia 28 de junho, o Comando Distrital de Bragança da Polícia de Segurança Pública (PSP), através da sua Esquadra de Investigação Criminal, deteve um homem de 25 anos por alegado tráfico de estupefacientes.

Em cumprimento de um mandado de busca e apreensão emitido pelo Tribunal Judicial da Comarca de Bragança, no âmbito de um processo de investigação em curso, ao indivíduo residente na cidade foram-lhe apreendidas 38 doses de haxixe, uma balança de precisão e uma faca de corte

O detido foi presente à autoridade judiciária competente, tendo-lhe sido aplicada a medida de Termo de Identidade e Residência (TIR).

vc

Já na passada quinta-feira, dia 23 de junho, os agentes da investigação criminal intercetaram, pelas 16 horas, numa artéria da cidade, um individuo com 57 anos de idade, na posse de 21 doses de cocaína (crack) e 24 doses de heroína, tendo sido detido. Indiciado pela alegada prática do crime de tráfico de estupefacientes, o suspeito foi presente ao Ministério Público do Tribunal Judicial de Bragança que lhe aplicou a medida de termo de identidade e residência.

vc1

Um dia antes, a 22 de junho, também em Bragança, foi detido com mandado, fora de flagrante delito, um indivíduo do sexo masculino, de 42 anos de idade, a fim de ser presente no Tribunal da Comarca de Bragança para primeiro interrogatório judicial, pela prática de factos suscetíveis de integrarem um crime de violência doméstica e um crime de ameaça agravada.

Ao detido, foi-lhe aplicada a medida de coação, de afastamento/ contactos com vítima com recurso a meios de vigilância eletrónica.

Já esta semana, terça-feira, os agentes da PSP procederam à detenção de um outro homem com 58 anos de idade, também residente na cidade capital de distrito, em cumprimento de um mandado de detenção, fora de flagrante delito, por “fortes indícios da prática de crime de violência doméstica”.

O detido foi presente à autoridade judiciária competente, tendo-lhe aplicado como medidas de coação a proibição de contactos e de aproximação a menos de 300 metros da vítima, controladas por meios eletrónicos de controlo à distância.

Ainda sobre a atividade operacional da última semana, de 20 a 28 de junho, foram efetuadas mais oito detenções. Quatro por condução de veículo automóvel em estado de embriaguez (TAS igual ou superior a 1.20g/l), duas por condução de veículo motorizado sem habilitação legal para o efeito e duas por mandado de autoridade judiciária.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.