PUB.

Falta de cinto de segurança conduz dois jovens à prisão por alegado tráfico de droga em Vila Flor

O Posto Territorial de Vila Flor e o Núcleo de Investigação Criminal de Mirandela, na madrugada de 4 de julho, detiveram dois jovens por alegado tráfico de droga, tendo apreendido cerca de 2 500 doses de haxixe. Presentes ambos ao Tribunal Judicial de Vila Flor no decorrer do dia de ontem, 5 de julho, aos arguidos foi-lhes decretada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

Ao que a Kapital do NordestE conseguiu apurar, na sequência de uma regular ação de fiscalização rodoviária no concelho de Vila Flor, os militares decidiram abordar uma viatura, após terem constatado que o condutor da mesma, bem como o passageiro, não traziam o cinto de segurança. Já de acordo com o Comando Territorial de Bragança, foi no decorrer da operação que "os dois ocupantes da viatura evidenciaram nervosismo perante a presença da GNR”.

Na sequência da detenção dos dois indivíduos, de 21 e 25 anos, após o seguimento das diligências policiais que resultaram na verificação da “posse de produto estupefaciente”, a Guarda procedeu, então, à realização de duas buscas domiciliárias que culminaram na apreensão, para além das 2450 doses de haxixe, de 14 doses de canábis, sete doses de cocaína, mil euros, três balanças de precisão, quatro telemóveis, um computador portátil, uma catana, 30 cartuchos de vários calibres, uma estufa destinada ao cultivo de canábis e vários produtos e objetos que, segundo a GNR, serviriam para “produzir, embalar, esconder e vender” a droga, assim como diversos “documentos com registos de transações financeiras envolvendo o tráfico” e “equipamentos adquiridos com lucro da venda de produto estupefaciente”.

TD

 

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.