PUB.

Oito detidos por caça ilegal e com meios proibidos nos concelhos de Mirandela e Vila Flor

No âmbito da Operação Artemis, a GNR deteve, em duas situações distintas, oito homens por caça ilegal e com meios proibidos nos concelhos de Mirandela e de Vila Flor.

Com idades compreendidas entre os 42 e os 66 anos, os indivíduos foram constituídos arguidos e presentes ontem, dia 24 de janeiro, ao Tribunal Judicial de Mirandela e ao Tribunal Judicial de Vila Flor para aplicação das respetivas medidas de coação.

Para além das detenções levadas a cabo pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Mirandela e que contaram com o reforço dos Postos Territoriais de Mirandela e de Vila Flor, os militares apreenderam oito armas de caça, diversos cartuchos de calibre 12 e um chamariz eletrónico.

A primeira situação teve lugar ao no início da manhã de domingo quando, no decorrer de uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório, os elementos do NPA de Mirandela detiveram um suspeito de 63 anos naquele concelho por se encontrar a caçar com recurso a meios não permitidos, nomeadamente, um chamariz eletrónico, motivo que levou à sua detenção em flagrante.

O segundo caso aconteceu no concelho de Vila Flor, por volta das 17h30 do mesmo dia, quando os militares detiveram, em flagrante, sete homens que exerciam o ato venatório aos tordos fora do horário e do local permitido para a prática.

Nesse sentido, o Comando Territorial de Bragança aproveita para relembrar que “quem capturar espécies não cinegéticas com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, incorre num crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas”, punido por lei com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 100 dias.

De sublinhar que a GNR, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem ao dispor da população a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520), que funciona em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Adicionar novo comentário

CAPTCHA Esta questão tem a finalidade de prevenir publicações de spam.


PUB.